Microeconomia:

por VARIAN, Hal R.
[ Livros ] Motivo da edição:9. ed. Publicado por : Atlas, (Rio de Janeiro:) Detalhes físicos: 806 p. ISBN:9788535230185.
Assunto(s): Economia | Microeconomia
Ano: 2021 Tipo de Material: Livros
Tags desta biblioteca: Sem tags desta biblioteca para este título. Faça o login para adicionar tags.
Localização atual Classificação Exemplar Situação Previsão de devolução Código de barras Reservas do item
Biblioteca Agamenon Magalhães
330 V299m (Percorrer estante) 1 Emprestado 10.06.2022 2021-0144
Biblioteca Agamenon Magalhães
330 V299m (Percorrer estante) 2 Disponível 2021-0145
Total de reservas: 0

PREFÁCIO
CAPÍTULO 1
O MERCADO

1.1 A elaboração de um modelo
1.2 Otimização e equilíbrio
1.3 A curva de demanda
1.4 Acurva de oferta
1.5 O equilíbrio de mercado
1.6 A estática comparativa
1.7 Outras formas de alocar apartamentos
1.8 Qual é o melhor arranjo?
1.9 A eficiência de Pareto
1.10 Comparação entre formas de alocar apartamentos
1.11 Equilíbrio no longo prazo

CAPÍTULO 2
RESTRIÇÃO ORÇAMENTÁRIA
2.1 A restrição orçamentária
2.2 Dois bens geralmente basta
2.3 Propriedades do conjunto orçamentário
2.4 Como a reta orçamentária varia
2.5 O numerário
2.6 Impostos, subsídios e racionamento
2.7 Variações na reta orçamentária

CAPÍTULO 3
PREFERÊNCIAS
3.1 Preferências do consumidor
3.2 Pressupostos sobre preferências
3.3 Curvas de indiferença
3.4 Exemplos de preferências
3.5 Preferências bem-comportadas
3.6 Taxa marginal de substituição
3.7 Outras interpretações da TMS
3.8 O comportamento da TMS

CAPÍTULO 4
UTILIDADE
4.1 Utilidade cardinal
4.2 Elaboração de uma função de utilidade
4.3 Alguns exemplos de funções de utilidade
4.4 Utilidade marginal
4.5 Utilidade marginal e TMS
4.6 Utilidade do transporte urbano
APÊNDICE

CAPÍTULO 5
ESCOLHA
5.1 Escolha ótima
5.2 Demanda do consumidor
5.3 Alguns exemplos
5.4 Estimativa das funções de utilidade
5.5 Implicações da condição da TMS
5.6 Escolha de impostos
APÊNDICE


CAPÍTULO 6
DEMANDA
6.1 Bens normais e inferiores
6.2 Curvas de renda-consumo e curvas de Engel
6.3 Alguns exemplos
6.4 Bens comuns e bens de Giffen
6.5 Curva de preço-consumo e curva de demanda
6.6 Alguns exemplos
6.7 Substitutos e complementares
6.8 Função de demanda inversa
APÊNDICE

CAPÍTULO 7
PREFERÊNCIA REVELADA
7.1 A ideia de preferência revelada
7.2 Da preferência revelada à preferência
7.3 Recuperação de preferências
7.4 O axioma fraco da preferência revelada
7.5 Verificação do AFrPR
7.6 O Axioma Forte da Preferência Revelada
7.7 Como verificar o AFoPR
7.8 Números-índices
7.9 Índices de preços

CAPÍTULO 8
AEQUAÇÃO DE SLUTSKY
8.1 O efeito substituição
8.2 O efeito renda
8.3 Sinal do efeito substituição
8.4 A variação total na demanda
8.5 Taxas de variação
8.6 A lei da demanda
8.7 Exemplos dos efeitos renda e substituição
8.8 Outro efeito substituição
8.9 Curvas de demanda compensadas
APÊNDICE

CAPÍTULO 9
COMPRANDO E VENDENDO
9.1 Demandas líquidas e brutas
9.2 A restrição orçamentária
9.3 Mudança na dotação
9.4 Variações de preços
9.5 Curvas de preço-consumo e de demanda
9.6 A equação de Slutsky revisitada
9.7 Uso da equação de Slutsky
9.8 Oferta de trabalho
9.9 Estática comparativa da oferta de trabalho
APÊNDICE

CAPÍTULO 10
ESCOLHA INTERTEMPORAL
10.1 A restrição orçamentária
10.2 Preferências de consumo
10.3 Estática comparativa
10.4 A equação de Slutsky e a escolha intertemporal Inflação
10.6 Valor presente: uma visão mais minuciosa
10.7 Análise do valor presente para vários períodos
10.8 Uso do valor presente
10.9 Bônus
10.10 Impostos
10.11 A escolha da taxa de juros

CAPÍTULO 11
MERCADOS DE ATIVOS
11.1 Taxas de rendimento
11.2 Arbitragem e valor presente
11.3 Ajustamentos por diferenças entre ativos
11.4 Ativos com rendimentos de consumo
11.5 Tributação sobre os rendimentos dos ativos

11.6 Bolhas do mercado Aplicações
11.7 Instituições financeiras
APÊNDICE

CAPÍTULO 12
INCERTEZA
12.1 Consumo contingente
12.2 Funções de utilidade e probabilidades
12.3 Utilidade esperada
12.4 Por que a utilidade esperada é razoável
12.5 Aversão ao risco
12.6 Diversificação
12.7 Distribuição do risco
12.8 O papel do mercado de ações
APÊNDICE

CAPÍTULO 13
ATIVOS DE RISCO
13.1 Utilidade de média-variância
13.2 Avaliação do risco
13.3 Risco de contraparte
13.4 Equilíbrio no mercado de ativos de risco
13.5 Como os retornos se ajustam

CAPÍTULO 14
O EXCEDENTE DO CONSUMIDOR
14.1 Demanda de um bem discreto
14.2 Construção da utilidade a partir da demanda
14.3 Outras interpretações do excedente do consumidor
14.4 Do excedente do consumidor ao excedente dos consumidores
14.5 A aproximação de uma demanda contínua
14.6 Utilidade quase linear
14.7 Como interpretar a variação do excedente do consumidor
14.8 Variação equivalente e variação compensadora
14.9 Excedente do produtor
14.10 Análise custo-benefício
14.11 Cálculo de ganhos e perdas
APÊNDICE

CAPÍTULO 15
DEMANDA DE MERCADO
15.1 Da demanda individual à demanda de mercado
15.2 A função de demanda inversa
15.3 Bens discretos
15.4 Margens extensiva e intensiva
15.5 Elasticidade
15.6 Elasticidade e demanda
15.7 Elasticidade e receita
15.8 Demandas de elasticidade constante
15.9 Elasticidade e receita marginal
15.10 Curvas de receita marginal
15.11 Elasticidade-renda
APÊNDICE

CAPÍTULO 16
EQUILÍBRIO
16.1 Oferta
16.2 Equilíbrio do mercado
16.3 Dois casos especiais
16.4 Curvas de oferta e de demanda inversas
16.5 Estática comparativa
16.6 Impostos
16.7 Repasse de um imposto
16.8 O ônus de um imposto
16.9 Eficiência de Pareto

CAPÍTULO 17
MEDIÇÃO
17.1 Resumir os dados
17.2 Testar
17.3 Cálculo da demanda através de dados experimentais
17.4 Efeito do tratamento
17.5 Estimativa da demanda através de dados observacionais
17.6 Identificação
17.7 O que pode dar errado
17.8 Avaliação política

CAPÍTULO 18
LEILÕES
18.1 Classificação dos leilões
18.2 Planejamento do leilão
18.3 Outras formas de leilão
18.4 Leilão de posições
18.5 Deve-se colocar anúncio na própria marca
18.6 Receita do leilão e número de licitantes
18.7 Problemas dos leilões
18.8 A Maldição do Ganhador
18.9 O problema do casamento estável
18.10 Modelo de mecanismos

CAPÍTULO 19
TECNOLOGIA
19.1 lnsumos e produtos
19.2 Descrição das restrições tecnológicas
19.3 Exemplos de tecnologia
19.4 Propriedades da tecnologia
19.5 Produto marginal
19.6 Taxa técnica de substituição
19.7 Produto marginal decrescente
19.8 Taxa técnica de substituição decrescente
19.9 Longo e curto prazo
19.10 Rendimentos de escala

CAPÍTULO 20
MAXIMIZAÇÃO DO LUCRO
20.1 Lucros
20.2 A organização das empresas
20.3 Lucros e valor no mercado de ações
20.4 Os limites da empresa
20.5 Fatores fixos e variáveis
20.6 Maximização dos lucros de curto prazo
20.7 Estática comparativa
20.8 Maximização do lucro no longo prazo
20.9 Curvas de demanda inversas de fatores
20.10 Maximização do lucro e rendimentos de escala
20.11 Lucratividade revelada
20.12 Minimização do custo

CAPÍTULO 21
MINIMIZAÇÃO DE CUSTOS
21.1 Minimização de custos
21.2 Minimização de custo revelada
21.3 Rendimentos de escala e função custo
21.4 Custos de curto e de longo prazos
21.5 Custos fixos e quase fixos
21.6 Custos irrecuperáveis
APÊNDICE

CAPÍTULO 22
CURVAS DE CUSTO
22.1 Custos médios
22.2 Custos marginais
22.3 Custos marginais e custos variáveis
22.4 Curvas de custo para leilões on-line
22.5 Custos de longo prazo
22.6 Níveis discretos de tamanho de fábrica
22.7 Custos marginais de longo prazo
APÊNDICE

CAPÍTULO 23
A OFERTA DA EMPRESA
23.1 Ambientes de mercado
23.2 Concorrência pura
23.3 A decisão de oferta de uma empresa competitiva
23.4 Uma exceção
23.5 Outra exceção
23.6 A curva de oferta inversa
23.7 Os lucros e o excedente do produtor
23.8 A curva de oferta de longo prazo de uma empresa
23.9 Custos médios constantes de longo prazo
APÊNDICE

CAPÍTULO 24
A OFERTA DA INDÚSTRIA
24.1 A oferta da indústria no curto prazo
24.2 O equilíbrio da indústria no curto prazo
24.3 O equilíbrio da indústria no longo prazo
24.4 A curva de oferta de longo prazo
24.5 O significado do lucro zero
24.6 Fatores fixos e renda econômica
24.7 Renda econômica
24.8 Taxas de renda e preços
24.9 A política de renda
24.10 Politica energia
24.11 Imposto de carbono versus comércio de créditos de carbono

CAPÍTULO 25
MONOPÓLIO
25.1 Maximização dos lucros
25.2 Curva de demanda linear e monopólio
25.3 Estabelecimento de preços com markup
25.4 A Ineficiência do monopólio
25.5 O ônus do monopólio
25.6 Monopólio natural
25.7 O que causa os monopólios
APÊNDICE

CAPÍTULO 26
O COMPORTAMENTO MONOPOLISTA
26.1 Discriminação de preços
26.2 Discriminação de preços de primeiro grau
26.3 Discriminação de preços de segundo grau
26.4 Discriminação de preços de terceiro grau
26.5 Vinculação de produtos
26.6 Tarifas bipartidas
26.7 Competição monopolística
26.8 Modelo de diferenciação de produtos por localização
26.9 Diferenciação de produtos
26.10 Mais sorveteiros

CAPÍTULO 27
O MERCADO DE FATORES
27.1 O monopólio no mercado do produto
27.2 O monopsônio
27.3 Monopólios upstream e downstream na cadeia de produção
APÊNDICE

CAPÍTULO 28
O OLIGOPÓLIO
28.1 A escolha de uma estratégia
28.2 Liderança de quantidade
28.3 Liderança de preço
28.4 Comparação entre a liderança de preço e a liderança de quantidade
28.5 Estabelecimento simultâneo da quantidade
28.6 Exemplo de equilíbrio de Cournot
28.7 Ajustamento para o equilíbrio
28.8 Virias empresas no equilíbrio de Cournot
28.9 Fixação simultânea de preços
28.10 Conluio
28.11 Estratégias punitivas
28.12 Comparação das soluções

CAPÍTULO 29
A TEORIA DOS JOGOS
29.1 A matriz de ganhos de um jogo
29.2 O equilíbrio de Nash
29.3 Estratégias mistas
29.4 O dilema do prisioneiro
29.5 Jogos repetidos
29.6 Manutenção de um cartel
29.7 Jogos sequenciais
29.8 Um jogo com barreiras à entrada

CAPÍTULO 30
APLICAÇÕES DA TEORIA DOS JOGOS
30.1 Curvas de melhor resposta
30.2 Estratégias mistas
30.3 Jogos de coordenação
30.4 Jogos de competição
30.5 Jogos de coexistência
30.6 Jogos de compromisso
30.7 Negociação

CAPÍTULO 31
ECONOMIA COMPORTAMENTAL
31.1 Efeitos de contexto na escolha do consumidor
Incerteza
31.3 Tempo
31.4 Interação estratégica e normas sociais
31.5 Uma avaliação da economia comportamental

CAPÍTULO 32
TROCAS
32.1 A caixa de Edgeworth
32.2 As trocas
32.3 Alocações eficientes no sentido de Pareto
32.4 As trocas de mercado
32.5 A álgebra do equilíbrio
32.6 A lei de Wairas
32.7 Preços relativos
32.8 A existência de equilíbrio
32.9 Equilíbrio e eficiência
32.10 A álgebra da eficiência
32.11 Eficiência e equilíbrio
32.12 Implicações do Primeiro Teorema de Bem-Estar
32.13 Implicações do Segundo Teorema de Bem-Estar
APÊNDICE

CAPÍTULO 33
A PRODUÇÃO
33.1 A economia de Robinson Crusoé
33.2 Crusoé S.A .
33.3 A empresa
33.4 O problema de Robinson
33.5 Colocando os dois juntos
33.6 Tecnologias diferentes
33.7 A produção e o Primeiro Teorema de Bem-Estar
33.8 A produção e o Segundo Teorema de Bem-Estar
33.9 Possibilidades de produção
33.10 Vantagem comparativa
33.11 A eficiência de Pareto
33.12 Náufragos S.A
33.13 Robinson e Sexta-feira como consumidores
33.14 Alocação de recursos descentralizada
APÊNDICE

CAPÍTULO 34
O BEM-ESTAR.
34.1 Agregação de preferências
34.2 Funções de bem-estar social
34.3 Maximização do bem-estar
34.4 Funções de bem-estar social individualistas
34.5 Alocações justas
34.6 Inveja e equidade
APÊNDICE

CAPÍTULO 35
EXTERNALIDADES
35.1 Fumantes e não fumantes
35.2 Preferências quase lineares e Teorema de Coase
35.3 Produção de externalidades
35.4 Interpretação das condições
35.5 Sinais de mercado
35.6 A Tragédia do Uso Comum
35.7 Poluição de automóveis

CAPÍTULO 36
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
36.1 Concorrência de sistemas
36.2 O problema dos complementos
36.3 Aprisionamento
36.4 Externalidades de rede
36.5 Mercados com externalidades de rede
36.6 Dinâmica de mercado
36.7 Implicações das externalidades de rede
36.8 Mercados bilaterais
36.9 Gestão de direitos
36.10 O compartilhamento da propriedade intelectual

CAPÍTULO 37
BENS PÚBLICOS
37.1 Quando prover um bem público
37.2 Provisão privada do bem público
37.3 Pegando carona
37.4 Diferentes níveis do bem público
37.5 Preferências quase lineares e bens públicos
37.6 O problema do carona
37.7 Comparação com os bens privados
37.8 Votação
37.9 O mecanismo Vickrey-Clarke-Groves
37.10 Exemplos de VCG
37.11 Problemas com o imposto de Clarke
APÊNDICE

CAPÍTULO 38
INFORMAÇÃO ASSIMÉTRICA
38.1 O mercado de carros ruins
38.2 A escolha da qualidade
38.3 Seleção adversa
38.4 Perigo moral
38.5 Perigo moral e seleção adversa
38.6 Sinalização
38.7 Incentivos
38.8 Informação assimétrica

APÊNDICE MATEMÁTICO
A.1 Funções
A.2 Gráficos
A.3 Propriedades de funções
A.4 Funções inversas
A.5 Equações e identidades
A.6 Funções lineares
A.7 Variações e taxas de variação
A.8 Inclinações e interceptos
A.9 Valores absolutos e logaritmos
A.10 Derivadas
A.11 Derivadas segundas
A.12 A regra de produto e a regra de cadeia
A.13 Derivadas parciais
A.14 Otimização
A.15 Otimização com restrição

RESPOSTAS
ÍNDICE

Não há comentários para este material.

Acesse sua conta para postar um comentário.

Clique em uma imagem para visualizá-la no visualizador de imagem

    Biblioteca Agamenon Magalhães|(61) 3221-8416| biblioteca@cade.gov.br| Setor de Edifícios de Utilidade Pública Norte – SEPN, Entrequadra 515, Conjunto D, Lote 4, Edifício Carlos Taurisano, térreo